Pesquisar este blog

quinta-feira, 6 de abril de 2017

IPO da Azul é suspenso por 30 dias


Comissão de Valores Mobiliários (CVM), órgão que regula o mercado de capitais brasileiro, anunciou nesta quinta-feira (6) que suspendeu pelo prazo de até 30 dias o processo de oferta pública inicial de ações (IPO, na siga em inglês) da companhia aérea Azul.

Segundo a CVM, a suspensão poderá ser revogada "irregularidades" forem devidamente corrigidas". "Caso contrário, o pedido de registro da oferta será indeferido", diz o comunicado.

Entre as infrações cometidas pela aérea, foram citados uso irregular de material publicitário não aprovado pela CVM, projeção de valorização de investimentos em ativos da companhia aérea portuguesa TAP, que não consta dos prospecto da oferta, além de divulgação sucessiva de informações sigilosas de projeções de demanda e precificação das ações da oferta em matérias jornalísticas.

Deve lembrar-se que esta é a quarta tentativa de IPO da Azul.

Fonte: Globo.com

Primeiro Phenom 100EV é entregue


A Embraer Aviação Executiva entregou o primeiro jato Phenom 100EV, no último dia 31. A nova aeronave foi certificada pela ANAC, no Brasil e a americana FAA. Evolução do Phenom 100, que chegou ao mercado em 2008, o Phenom 100EV é equipado com novos aviônicos e motores modificados.


A chegada do Phenom 100 ao mercado em 2008 estabeleceu um novo padrão para a indústria, elevando as expectativas dos clientes a respeito de um jato executivo leve”, disse Michael Amalfitano, CEO da Embraer Aviação Executiva. “A evolução do nosso primeiro projeto totalmente dedicado para a aviação executiva reflete nosso comprometimento em ouvir os clientes para continuar oferecendo aeronaves revolucionárias e com mais valor para o mercado”.

LDB retomará obras


Na próxima segunda-feira (10/04) a Infraero emitirá a Ordem de Serviço para a retomada das obras da nova sala de embarque do aeroporto, com prazo de conclusão para julho de 2017.

Vale lembrar

No início de março retomou-se a obra da nova Administração do Aeroporto e das instalações da Sala Radar, que tem prazo de conclusão em setembro de 2017. R$ 7,2 milhões é o valor referente aos investimentos.

domingo, 26 de fevereiro de 2017

Azul anuncia segundo voo diário CNF-EZE


Antes mesmo de estrear sua operação em Buenos Aires (marcada para 6 de março), a Azul solicitou nesta semana às autoridades aeroportuárias brasileiras e argentinas o segundo voo diário entre Belo Horizonte e a capital portenha. A nova ligação entrará em vigor em 1º de julho, também operada com o jato Embraer 195, de 118 assentos. Com a novidade, a Azul terá 24 voos e 2,8 mil assentos por semana entre Brasil e Argentina.

A rota BH-Buenos Aires pela Azul já é um sucesso antes mesmo de seu início. Atentos à demanda do mercado, decidimos colocar mais voos à disposição, que estrearão exatamente no período das férias escolares no Brasil. Vamos oferecer um serviço e uma experiência únicos a quem voar conosco, levando os brasileiros sempre para os lugares que mais querem conhecer”, destaca Daniel Tkacz, diretor de Planejamento de Malha da Azul.

GOL e seus resultados do 4º trimestre de 2016



A GOL anunciou há algumas semanas o resultado consolidado do quarto trimestre de 2016 e do ano de 2016. Todas as informações são apresentadas em IFRS, em Reais (R$) e as comparações referem-se ao quarto trimestre de 2015 e ao ano de 2015, exceto quando especificado de outra forma.

O prejuízo líquido no trimestre foi de R$ 30,2 milhões (US$8,7 milhões), representando uma margem líquida de 1,1% negativo. O lucro líquido registrado para o ano de 2016 foi de R$1,1 bilhão (US$ 316,1 mm), sobre uma receita de R$ 9,9 bilhões, representando uma margem líquida de 11,2%.

A taxa de ocupação média aumentou 2,2 pontos percentuais, chegando a 77,6%, e o yield médio por passageiro aumentou 3,8%, chegando a 25,57 centavos (R$), resultando em um RASK de 22,58 centavos (R$), um aumento de 6,6% em relação ao 4T15. A tarifa média foi de R$289,0.

A receita líquida atingiu R$2,7 bilhões, representando um crescimento de 0,5%. A receita por aeronave, de US$6,3 milhões, representou um alto nível de produtividade. As receitas auxiliares e de cargas tiveram uma redução de 1,3% no 4T16, chegando a R$321,7 milhões, representando 12,1% da receita líquida total. As receitas auxiliares e de cargas no ano de 2016 somou R$1,2 bilhão.

A GOL transportou um total de 8,1 milhões de passageiros no 4T16, uma queda de 15,4% em relação ao 4T15, e a participação de mercado da GOL no setor de transporte aéreo regular doméstico e internacional no fim do 4T16 foi de 36,3% e 10,6%, respectivamente, um aumento quando comparado aos 35,8% e 12,3% no fim do 4T15.

A média da pontualidade dos pousos e finalização das decolagens dos voos foi de, respectivamente, 94,0% e 98,3% (dados da ANAC) durante o 4T16. Em 2016, GOL foi a companhia brasileira mais pontual segundo o OAG (Official Airline Guide).

Cinco aeronaves Boeing 737 foram devolvidas para os lessores durante o 4T16, reduzindo a frota total operacional para 121 aeronaves. Sete 737s serão devolvidas ao longo do 1T17. A dívida total, incluindo arrendamentos capitalizados, foi reduzida em R$ 2,9 bilhões durante 2016, chegando a R$ 6.379,2 bilhões.

LDB registra R$ 6,9 milhões em receitas comerciais em 2016

Em 2016, o Aeroporto de Londrina/Governador José Richa (PR) contabilizou R$ 6,9 milhões em receitas comerciais. Esse número é resultado de concessões de áreas para empreendedores de diversos segmentos, como alimentação, varejo, locação de veículos, estacionamento, mídias e ações promocionais.

As ações eventuais – como quiosques – representaram 1,4% das receitas comerciais em 2016, e o planejamento da Infraero é aumentar essa participação em 2017. Uma das propostas da empresa é o aluguel do auditório do aeroporto para eventos externos. “A administração do Aeroporto de Londrina já disponibiliza, há algum tempo, o auditório para aluguel, mas o foco era eventos internos. Para 2017, estamos prospectando clientes para cursos, palestras e pequenos eventos”, explica Valéria Stocco, gerente de Negócio Comerciais e em Logística de Carga do aeroporto.

sábado, 11 de fevereiro de 2017

Air Canada com nova pintura


Para a Air Canada, este ano já está com novidades! A companhia bandeira do país apresentou oficialmente sua nova pintura em um evento especial realizado na última semana. A nova "roupa" utiliza-se de forma generosa da Maple Leaf, símbolo do país: sendo estampada nos motores e no trem de pouso central das aeronaves. Outro ponto interessante foi notar o surgimento de uma "máscara" nas janelas frontais das aeronaves. Além, é claro, da volta do azul-escuro assim como utilizado nos anos 90.

Três aeronaves da frota já se encontram com a nova pintura, são eles: 2 A321 (C-GJWI e C-GJWO) e 1 787 (C-GHPQ).